top of page

A Comunicação e a Mudança de Mentalidade a partir da análise do Cotidiano:

Atualizado: 4 de set. de 2023

Bom é inegável que a comunicação tem me acompanhado pelos últimos 5 anos, e mudança de Mentalidade também se tornou tema por aqui desde a minha formação em Coaching.

Depois de muito estudar, buscar técnicas e terapias, conversas internas;

Acender incensos e velas aromaterapêuticas;

Ter cristais;

Ser otimista em meio ao caos;

Pensar positivo, mentalizar e visualizar a vida que eu queria;

Ajudar pessoas a criarem marcas consistentes e memoráveis ☺️

Aprender e aplicar CNV dentre outros aprendizados...


Eu ainda não entendia que raios que acontecia que eu não conseguia conquistar meus objetivos traçados… e não me sentia realmente feliz.

Até que um dia, em uma conversa com uma amiga, ela me manda a Escala das Emoções, essa imagem logo abaixo. Que eu redesenhei e coloquei meu nominho para ninguém cupiar.




E com o envio da imagem ela também me fez a pergunta: No seu dia a dia, onde você está vibrando a maior parte do tempo? Foi nesse momento que a chave virou e eu entendi tudo:


Eu, a maior parte do tempo, apesar de ser um anjo de candura, pessoa mega iluminada e que ajuda um monte de pessoas 🤭 vibrava na bendita da Raiva…

Raiva de não ter o tempo que eu queria para finalizar minhas tarefas;

Raiva por não ter as coisas da casa organizada conforme a minha vontade;

Raiva por ter tanta coisa a fazer e não dar conta de ter tempo de ficar com as minhas filhas e marido;

Raiva por ouvir elas brigando entre si, e eu estar em uma reunião on-line;

Raiva por esquecer de abrir o Google sala de aula de três crianças e perder recados importantes e depois ter que sair correndo para resolver;

Raiva por sentar com a minha filha para fazer lição e me sentir impotente em não conseguir ajudar ela a aprender a ler;

Raiva por sentir impaciência em alguns momentos com as minhas filhas, devido à falta de tempo e ter que fazer tudo correndo;

Raiva por ser cobrada em negligenciar os relacionamentos mais próximos por falta de

tempo;

Muitas Raivas acumuladas… no geral por conta do lindo e eterno TEMPO. Mas com várias situações cotidianas e normalizadas com base na RAIVA! Onde o meu comportamento era a resposta do que eu estava pensando e sentindo: GRITOS… de raiva.

Eu descobri que vibrar na raiva me impedia de manifestar o meu viver melhor.


Onde você “vibra” a maior parte do seu tempo?


A mudança de mentalidade que eu tanto busquei entender está nesse pequeno detalhe, saber onde eu estou permanecendo com as minhas emoções e pensamentos na maior parte do meu dia.


Não só a raiva, mas o medo, a apatia, tristeza, culpa, vergonha… também são emoções que impedem a nossa real manifestação.


Se você vive com medo de perder o emprego;

Medo de aceitar uma proposta de trabalho;

Medo que descubram que você é uma fraude (aqui é pra quem tem a síndrome do impostor)

Sente culpa por algo que fez e não sabe como resolver essa culpa;

Vergonha de si;

Tristeza… ah a tristeza… essa às vezes se acumula no peito e ainda nos faz ficar doentes.


Não sou a favor da positividade tóxica, sou a favor de encontrar ferramentas que nos permitam viver melhor e ter mais dias felizes do que os dias nem tanto felizes. A tristeza é uma emoção importante, mas precisa de vigia.


Escolha e decida encontrar pensamentos e comportamentos para colocar nesse lugar.


A comunicação é a melhor ferramenta. Comunique-se com você mesmo(a). É terapêutico.


A comunicação também está nas amizades, nas terapias, terapeutas, psicólogos… encontre a sua ferramenta.


Foi então que compreendi também que a mudança de MENTALIDADE requer vigia diária.

Requer que se identifique o que me faz ter raiva, e a partir desse gatilho, entender que pensamento / comportamento eu coloco nesse lugar para NÃO sentir RAIVA!

E então tudo mudou na minha vida assim que aprendi isso 😍


A minha comunicação interna, as conversas que tenho comigo mesma mudaram, me fiz novas perguntas para que meu pensamento mudasse de lugar/foco, e não sentisse mais a danada da RAIVA que me tirava do meu lugar de calma, paz e tranquilidade.


Liberdade de escolha todos nós temos, eu escolhi vibrar na escala mais alta das emoções: A ILUMINAÇÃO!

Então toda vez que sinto que algo vai me tirar desse meu objetivo, é hora de refletir e usar a comunicação a meu favor.


Isso é ter uma boa caixinha de ferramentas e que eu não abandonarei jamais.

Universo meu lindo!

Me dê mais aprendizados sobre comunicação para que eu possa compartilhar ainda mais conhecimento.


A comunicação é a base de tudo!

E para quem quer aprender uma nova caixinha de ferramenta de comunicação aqui fica o convite: vem fazer CNV comigo.


E o que você aprendeu com essa história? Compartilha comigo aqui nos comentários.

65 visualizações2 comentários

2 Comments


Estou vibrando no roxinho! Acordo alegre e sorrindo, agradeço e saúdo minha ancestralidade, minha cabeça. Durmo feliz, alegre e agradecendo aos mesmos e às mesmas. Nos dias mais difíceis, agradeço. Posso chorar, mas não dura mais que 24h. Aprendi e a prendo a cada dia com as divindades africanas e indígenas. Que bom você ter saído da raiva e subido de nível. 😘

Like
Replying to

eu diria que é uma tarefa bem complexa viu Dani, exercitei mesmo!

Like
bottom of page